Diálogos sobre experiências marcaram encerramento do Seminário da Comunicação na Administração Pública – SECAP

Diálogos sobre experiências marcaram encerramento do Seminário da Comunicação na Administração Pública

Seminário encerrou na tarde do sábado (26) com debates sobre experiências na comunicação pública. Foto: Handson Chagas/Secap

Seminário encerrou na tarde do sábado (26) com debates sobre experiências na comunicação pública. Foto: Handson Chagas/Secap

Abrindo o segundo turno do Seminário os Desafios da Comunicação na Administração Pública, no auditório Antônio Padre Vieira, no Convento das Mercês, na tarde do último sábado (26), o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do Governo do Maranhão e ex-diretor da Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço), Márcio Jerry, destacou ações empenhadas na radiodifusão pública e comunitária no estado.  Promovido pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, o evento levou a proposta de extrair ensinamentos e refletir sobre as experiências de comunicação pública.

Declarado um dos militantes do movimento pela democratização da comunicação, o secretário Márcio Jerry, estimulou ao público participante a reflexão sobre as diversas oportunidades que têm surgido para o avanço da comunicação pública no Brasil e de que forma estas têm sido absorvidas pelas administrações públicas.   “Há um descompasso imenso entre as possibilidades que surgem a cada dia e as ações efetivamente realizadas. Esse tema é um assunto atualíssimo, porque hoje é um ponto desafiador. Temos que pautar um método, um prazo por delegação de responsabilidades, planejar,  para disputarmos as narrativas e aproveitarmos as oportunidades abertas”, pontua Márcio Jerry.

O palestrante ressaltou, ainda, a evolução repentina no mundo midiático.  “Temos muitos avanços e possibilidades, e, para isso, é preciso a gente ter mais capacidade de ocupar as oportunidades que são abertas, inclusive com limitações institucionais. Por exemplo, a lei 9.612 ela é criada muito mais para conter do que para permitir ações. Diante dessa agilidade no cenário, a gente vem lutando desde que fui secretário de comunicação da prefeitura de São Luís, onde fizemos um esforço gigante, e estamos fazendo atualmente no governo, para criarmos primeiramente o conselho municipal de comunicação, que inclusive, foi aprovado pela Câmara de São Luís, o que já é um avanço”, complementa.

Trazendo ao público a vasta experiência em gestão pública, Márcio Jerry  fez uma conexão do tema com as ações já concretizadas pelo Governo do Maranhão. “Nós republicalizamos a Rádio Timbira, mas não bastava isso se ninguém ouvisse a rádio. Então, nesses dois anos, sete meses e 22 dias, realizamos um esforço concentrado para que a rádio pudesse ser ouvida pela população do Maranhão. E hoje, nós somos a segunda maior habitualidade de audiência média”, avaliou. 

O blogueiro do município de Governador Newton Bello, Luciano Tavares Foto: Handson Chagas

O blogueiro do município de Governador Newton Bello, Luciano Tavares Foto: Handson Chagas

Entre as ações destacadas, o secretário falou da inserção do 0800 na Rádio Timbira, onde o ouvinte liga para a central e participa do programa sem custo da ligação. “Isso fez com que a população participasse abertamente. Antigamente, até a participação do ouvinte era proibida. Hoje nós ouvimos desde fraternais elogios, até críticas.  Esse foi um esforço grande para conseguir edificar a experiência. Também não esquecemos do ponto um que é a radiodifusão comunitária. A Rádio Timbira é uma cabeça de rede que alcança 50 e poucas emissoras do estado, em determinados horários. Temos hoje uma sintonia muito forte com a radiodifusão comunitária”, lembra.

Para encerrar, o secretário enfatizou a presença da comunicação na luta social. “Comunicação, como tudo na vida de quem está na luta social, tem relação com formação de forças. Nós temos hoje uma possibilidade grande de fazer comunicação e cidadania, e temos governos democráticos e progressistas que investem mais na democratização da comunicação, mas isso também não é uma guerra de ato único, de realização instantânea. É um processo político permanente que exige da gente uma atitude de combate contínuo”, encerra Jerry.

Presente na segunda e última mesa da tarde do seminário, o ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins, debateu sobre o Papel das Secretarias da Comunicação. “Comunicação não é uma receita de bolo, pois ela tem que ser aplicada de acordo com as realidades de cada governo. Hoje temos uma peculiaridade de viver em tempos que a sociedade está inserida no mundo digital, de forma vigilante, onde estamos num processo de democratização da comunicação de massa. O povo passou a ser um agente político decisivo”, questionou o comunicador, durante a abertura de sua fala.

Disseminando Comunicação

No intuito implantar a prática debatida e exposta durante o seminário, o jornalista e blogueiro, Luciano Tavares, do município de Governador Newton Belo, fala da contribuição do evento para os formadores de opinião. “Essa é uma grande oportunidade para os secretários, diretores de comunicação e comunicadores do Maranhão, buscar conhecimento para apresentar nos municípios. A presença de profissionais de outro estado, como o grande nome brasileiro do jornalista, Paulo Henrique  Amorim, do programa Espetacular, dá um destaque grande para o encontro. É um prazer participar dessa ideia. A gente leva na bagagem muita experiência”, reforça.

O secretário de comunicação do município de Bom Jardim, no Maranhão, Rafael Gonçalves, presente no evento, ficou surpreso com a dimensão dos temas debatidos e garantiu a implantação de muitas ideias na comunicação de sua pasta.  “Esse é um momento especial, gratificante, pois a gente está absorvendo muito conhecimento e informação para levar e implantar na nossa cidade.  Além de levar novas experiências para a prefeitura, a gente pode estreitar as relações com o governo, e mostrar para a nossa realidade ao gestor do estado. O nosso prefeito valoriza muito essa comunicação com o público, mantendo-os informado de todas as ações desempenhadas pela gestão municipal, o que é essencial para um governo transparente”, pontua. 

Referência em comunicação

Além do secretário Márcio Jerry e do ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins, como palestrantes, estiveram presentes na tarde do último sábado, a jornalista e fundadora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Tereza Cruvinel; o ex-presidente da EBC, Ricardo Melo; o jornalista e professor aposentado da USP, Laurindo Lalo Leal Filho; o presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, Altamiro Borges; a representante da Comunicação da Prefeitura de Maricá (RJ), Sandra Recalde; e o ex-secretário de Comunicação do governo da Bahia e deputado federal (PT-BA), Robinson Almeida.

Seminário encerrou na tarde do sábado (26) com debates sobre experiências na comunicação pública. Foto: Handson Chagas/Secap

Seminário encerrou na tarde do sábado (26) com debates sobre experiências na comunicação pública. Foto: Handson Chagas/Secap

Relacionadas


Gestores da Região Tocantina participam de curso sobre o Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv)


Flávio Dino e prefeito Jadilson definem investimentos e melhorias para o município de Mirinzal


Governador Flávio Dino garante investimentos em pavimentação, saúde e esporte para a Baixada Maranhense


Assembleia Legislativa homenageia Nova 1290 Timbira pelos 76 anos


Governador Flávio Dino participa de Seminário sobre Desafios da Comunicação Pública e defende democratização da informação